Você já ouviu falar no Plastic Free July? Em tradução livre para o português, o Julho Livre de Plástico é um movimento global que propõe o desafio de reduzir o uso de plástico no dia a dia. A ação começou na Austrália, em 2011, com poucos participantes. Felizmente, sete anos depois já atinge milhões de pessoas em mais de 150 países. O importante crescimento possibilitou que o grupo se transformasse em uma fundação de caridade, sem fins lucrativos, que vislumbra um mundo sem lixo plástico.

.

Desafio #PlasticFreeJuly

Para que as futuras gerações encontram um planeta sustentável e habitável, é imperativo que o consumo de plástico seja reduzido drasticamente. Pouco tempo atrás, falamos sobre a baleia encontrada na Espanha com 29Kg de sacolas plásticas no estômago. Para se ter uma ideia, estima-se que mais de OITO MILHÕES DE TONELADAS de plástico sejam despejadas nos mares em todo o mundo. A crise é global e os números são assustadores. A previsão é de que em 2050 teremos mais plástico do que peixes nadando nos oceanos.

Por esse motivo, foi criado o Desafio #PlasticFreeJuly. Quem aceita o desafio, aceita reduzir o consumo de plástico ao longo de todo o mês de julho, com o compromisso de seguir com os bons hábitos adquiridos. A ideia é conscientizar as pessoas para que as próximas gerações encontrem um mundo mais limpo. Aceitar o desafio é um passo importante na direção da mudança de comportamento.

A hashtag #choosetorefuse é autoexplicativa: recusar o plástico é uma escolha.  É uma escolha recusar sacolas plásticas, canudos plásticos, embalagens de comida e copos plásticos.

.

Como participar do Desafio #PlasticFreeJuly

  1. Clique aqui para se inscrever. Esse é o primeiro passo. A partir da confirmação da inscrição, você receberá emails com dicas e receitas ao longo do mês de julho;
  2. Faça o Quiz do Plástico para que você saiba de onde vem o plástico que você consome, é bastante útil para começar a recusar algumas embalagens e mudar hábitos. É bastante surpreendente;
  3. Escolha qual será seu objetivo principal: evitar os plásticos que parecem encher a lixeira dos recicláveis; evitar pedir comida que venha em embalagem plástica; ou ainda escolher o caminho mais difícil e #livredeplástico, nem que seja por um dia, ou uma semana;

Gostou da ideia? A gente vai abraçar o desafio e, ao longo das semanas, vamos contar qual a parte mais difícil e, claro, dividir algumas ideias.

Geórgia Santos
Author

Jornalista, radialista, cientista política e uma viajante inveterada. Tem uma relação de amor com a comida. Gringa, não recusa um vinho e uma polenta. Fez da viagem um objetivo de vida. Lisboa é um dos seus lugares preferidos no mundo, embora as melhores histórias estejam na Itália.

Comentários no Facebook