A história na hora de dormir aqui em casa é lei. Mesmo com cansaço, mesmo esgotados, sempre tem história. Ano passado moramos seis meses no exterior e escolhemos a dedo o que levaríamos. Dentre as escolhas, cinco livros – e acho que saberei esses cinco pelo resto da vida.

Sempre tem a fase de repetir a história que mais se gosta. Mas seis meses é tempo demais pras mesmas histórias…

Eu gosto do livro de papel, folhear um livro, não tem igual. Mas fui obrigada a me render, claro, não quero ser uma mãe das cavernas.  Leio no Kindle e outros meio. Então, seguem sugestões que nos salvam em viagens:

Coleção Disquinho/ Histórias Completas

Coleção TABA/ Histórias Completas

Eu leio pra uma criança

Raquel Grabauska
Author

Ela respira teatro. Atriz, diretora, produtora. Coordena o grupo Cuidado Que Mancha e o Espaço Cuidado Que Mancha. Péssima cozinheira, ótima de apetite. Já fez muitas coisas legais na vida, mas nada tão legal quanto o Benjamin e o Tom, os filhos. Por causa deles, pensa a maternidade meio que o tempo todo. Essa inquieta adora viajar e tem medo de galinha – menos no prato.

Comentários no Facebook